Arrêts fréquents

(on going)

La façon moderne de voir consiste à voir par fragments.
Susan Sontag (Garder le sens mais altérer la forme)

Je hais les voyages et les explorateurs
Claude Lévi-Strauss (Tristes tropiques)

Una volta lontani,
da tutto questo cinema alla fine
in testa cosa rimane?
Una fila di esempi, una serie
di facciate di case, rapide e serie.
Umberto Fiori (Esempi – Esempi)

Il treno porta ritardo
e non si muove, non parte.
Umberto Fiori (Sosta – Esempi)

Travel:
Our research and customer feedback show that there’s a huge need for truly local imagery. Have a look at the images that “represent” different regions. Avoid shooting the same images, but think about what might be missing or needs to be refreshed. Capture images of local people that show that they are friendly and approachable. Remember to get releases whenever possible! This is crucial for clients to license your pictures for a commercial use.

qualquer coisa de intermédio

VIAGENS E PAISAGENS
Começo da viagem:
espremer como laranja esta hora tardia.
Sem olhos, mas com túneis, memória
confortável na paisagem
que é sempre a mesma aos gomos
variados: tu (sem descrições maiores)
No escuro embalador que me faz mal,
uma sede maior que nem o sumo apaga
nem o fumo que faz dentro do túnel
Tremente carruagem na velocidade
atónita do tempo (que o momento já
tarda e o conforto afinal só ilusão)
E incómodo caroço é o bastante
para rasgar o chão
Ana Luísa Amaral (POESIA REUNIDA 1990-2005)

Published by C41 Magazine